NOVIDADES, TENDÊNCIAS, PESQUISA

Investimos em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos. Estamos sempre conectados com as últimas tendências e acompanhamos todas as novidades. Tudo para que você tenha a melhor experiência com painéis em madeira.

BERNECK LANÇA NOVOS PAINÉIS REVESTIDOS

Com quatro conceitos-chave, Berneck amplia portfólio de painéis revestidos BP. Empresa aposta em diferentes texturas e padrões, como madeirados e unicolores

Não restam dúvidas sobre a evolução da tecnologia, busca pela qualidade de vida e da percepção das pessoas sobre produtos que contam pequenas histórias. Com o mobiliário não é diferente. Isso é expresso na funcionalidade e facilidade de uso, pelo desenho ou ainda pela percepção de bem-estar que ele possa gerar, ainda que de forma indireta. Ciente desse apelo do design emocional, e de que texturas, acabamentos e a variação de nuances é uma forte tendência na arquitetura e design de interiores, a Berneck aposta em quatro conceitos-chave para o morar: Blend, Industrial Chique, Investir e Passado Contemporâneo. A empresa produz painéis de madeira (MDF, MDP e HDF) crus e revestidos com BP, e madeira serrada de Teca e Pinus.

Segundo Andrea Colin Corrêa, supervisora de marketing e produtos da fabricante, a variedade e composição de painéis revestidos com diferentes texturas e padrões, como madeirados e unicolores, permite um refinamento muito grande no trabalho de indústrias de móveis, marceneiros e arquitetos.

Dentro dessa proposta, a Berneck apresenta nove lançamentos em sua linha de painéis revestidos BP, que passam integrar o portfólio 2016-2017 da marca. São eles: Ruggine, Compensato, BlackDots, Calcare, Faia, Louro Freijó, Nude, Nero e Argento. Todos os padrões contam com fitas de borda disponíveis no mercado, desenvolvidas pelas fornecedoras REHAU, Proadec e Tabone.

Conceitos-chave da BERNECK
Blend:

Mistura de materiais, texturas e formas, que podem ser opostas, mas complementares em elegância e originalidade.

Industrial Chique:

Ambientes e produtos com toque mais urbano e contemporâneo, com referências minimalistas e valorização de peças que remetam ao desgaste do tempo.

Investir:

Projetos que valorizam elementos vazados e revestimentos diferenciados do exterior, assim como o interior do mobiliário. A proposta é causar surpresa e movimento.

Passado contemporâneo:

Sensação nostálgica e com senso de acolhimento, sob influência de cores e propostas que remetam aos anos 1960 e 1970.

Deixe uma resposta