NOVIDADES, TENDÊNCIAS, PESQUISA

Investimos em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos. Estamos sempre conectados com as últimas tendências e acompanhamos todas as novidades. Tudo para que você tenha a melhor experiência com painéis em madeira.

Marceneiro, invista nos seus colaboradores

É desnecessário dizer que a mão-de-obra qualificada, salários justos e pontuais, treinamento contínuo e valorização das pessoas refletem diretamente na qualidade de vida dos colaboradores e no sucesso da empresa. Contudo, há empresários da marcenaria que ainda condicionam seu crescimento unicamente ao investimento em novas máquinas e equipamentos.

Para Fábio Gerlach, consultor do Sebrae-SP, investir na capacitação dos funcionários é um ganha-ganha. “A capacitação pode trazer custos adicionais para o empreendedor a curto prazo. Entretanto, ter uma equipe motivada reduz a rotatividade de funcionários e aumenta a qualidade dos produtos e serviços”, garante.

O desafio para os empreendedores, explica o consultor, é identificar quais profissionais devem ser treinados e se certificar que a capacitação resultou em melhorias para a empresa. Gerlach orienta selecionar a pessoa que receberá treinamento a partir dos seguintes critérios: capacidade de liderança, conhecimento do negócio, repasse das informações para o time e total confiança do dono. “O escolhido precisa ser um exemplo entre os demais, caso contrário, não conseguirá transmitir as informações de maneira satisfatória para a equipe”, pondera Gerlach.

 

Além do trabalho em equipe, outros fatores influenciam o engajamento dos colaboradores: motivação, comunicação, competência e treinamento

 

Importante! A capacitação não se traduz apenas em cursos. O Sebrae destaca que também há outras formas, mais simples e econômicas – e nem por isso menos eficazes –, como colocar os colaboradores mais novos ao lado dos mais experientes. “Na indústria os cursos têm importância por envolver técnicas e padrões a serem cumpridos. Mas na área de vendas e atendimento ao cliente é mais importante conhecer o mercado”, indica Fábio Gerlach.

 

Promova algum programa de qualificação a seus funcionários, onde ele possa desenvolver novas habilidade ou reter outros conhecimentos

 

Fatores influenciadores para a gestão de pessoas

Além do trabalho em equipe, há quatro fatores que influenciam o engajamento de pessoas quanto ao desempenho da empresa.

1) Motivação dos colaboradores: Toda empresa depende do comprometimento de seus colaboradores, mas é possível estimular sua equipe com diferentes ações. Ente elas, incentivos financeiros, plano de carreira, desafios organizacionais ou reconhecimento por metas alcançadas. Para cada porte de empresa é possível criar um plano organizacional justo e equilibrado.

2) Comunicação: É preciso que ela seja integrada e alinhada entre gestores e colaboradores. Ou seja, todos devem ter o mesmo objetivo. Para isso, promova reuniões de alinhamento, seja ágil nas respostas e compartilhe as tarefas entre a equipe. Pequenas reuniões também devem ser utilizadas para reforçar os aspectos positivos do trabalho, contribuindo com a motivação do funcionário.

3) Competência: É muito importante ter gestores e colaboradores alinhados aos valores da empresa, mas revise constantemente se todos apresentam as competências necessárias para cumprir os desafios impostos. Avaliações de desempenho servem para corrigir processos e identificar ações de treinamento necessárias.

4) Treinamento: O mercado muda rapidamente e todos devem se atualizar constantemente. Além de proatividade em buscar novos conhecimentos, é preciso identifi­car treinamentos desejados e adequados para elevar a eficiência da sua empresa. Isso pode ocorrer na área comercial, técnica ou de produção.

Dica! Procure revendas parceiras da Berneck e se informe a cerca dos ciclos de treinamento e palestras sobre tendências e apresentação do portfólio.

 

Promova reuniões de alinhamento, seja ágil nas respostas e compartilhe as tarefas entre os colaboradores

 

 Confira algumas dicas para motivar seus colaboradores

– Promova algum programa de qualificação a seus funcionários, onde ele possa desenvolver novas habilidade ou reter outros conhecimentos, incentivando o constante aprendizado.

– Incentive seus funcionários a se alimentar, dormir bem e a praticar esportes. Hoje, é muito comum empresas formarem grupos para a prática de corridas, por exemplo.

– Oriente seus colaboradores a se preocuparem com o gerenciamento financeiro de suas contas. Um colaborador endividado, de forma geral, apresenta dificuldades em permanecer focado em seu trabalho.

– Procure manter o ambiente de trabalho limpo e alegre. Pequenas metas diárias podem tornar o horário de trabalho mais motivador.

– Reconheça os funcionários que estão fazendo um ótimo trabalho. Uma tarde livre na semana pode resultar em ainda mais produtividade!

Fonte: Manual Empresário do Terceiro Milênio, Biz Revolution e livro Peixe!, de Stephen C. Lundin, Harry Paul e John Christensen.

Deixe uma resposta