NOVIDADES, TENDÊNCIAS, PESQUISA

Investimos em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos. Estamos sempre conectados com as últimas tendências e acompanhamos todas as novidades. Tudo para que você tenha a melhor experiência com painéis em madeira.

Berneck resume as tendências do morar nas feiras internacionais

O que vem e permanece em termos de design para o mobiliário? Quais comportamentos estão influenciando a arquitetura e o desenvolvimento de novos produtos? Quais cores estão dominando os interiores? E como estão evoluindo as tendências do morar? O Blog Design da Berneck responde essas dúvidas trazendo as principais propostas que estiveram presentes nas feiras Imm Cologne, Maison & Objet e Stockholm Furniture & Light Fair.

Esses eventos são relevantes e apontam caminhos fundamentais para arquitetos, industriais e profissionais da marcenaria.

Em resumo, o principal debate é sobre a importância de como vivemos. Ou seja, um número cada vez maior de pessoas está pensando em como pode viver e residir de maneira mais sustentável; onde irá morar e com quem morar; como deve ficar a residência para que possamos nos sentir em casa e o que os móveis de nossas casas dizem sobre nós.

Esta discussão, aliás, está muito presente na Coleção Nômade da Berneck, que marca os lançamentos de melaminas BP para a temporada 2020/21. Veja mais detalhes neste post.

 

As feiras internacionais são relevantes e apontam caminhos fundamentais para arquitetos, industriais e profissionais da marcenaria

 

Como essas tendências se conectam ao portfólio Berneck?

– Valorização da natureza e de produtos locais e sustentáveis.

– Estilo de vida mais urbano, com móveis multifunção para pequenas metragens.

– Ambientes públicos e privados são cada vez mais multiuso.

– As cores invadem a decoração, com destaque para tonalidades de azul e verde.

– Madeiras e pedras seguem em alta, valorizando aspectos naturais e texturas.

 

Padrões Berneck que atendem essas tendências com extrema beleza e estilo.

Unicolores: Azul Vel, Ceramik, Millennial, Mostrato e Verti.

Pedras: Marquina, Terrazza e Volakas.

Madeiras: Cacau, Compensato, Galiano, Griseo, Louro Freijó e Solanum.

 

Em resumo, o principal debate é sobre a importância de como vivemos

 

Tendências do morar na IMM Cologne | Alemanha

As tendências da Imm Cologne, realizada de 13 a 19 de janeiro, em Colônia (Alemanha), demostram que as cores neutras, terrosas e millennial pink ainda estão em alta, mas nuances como amarelo, azul e verde surgem por toda a casa. Misturado com a madeira ou sozinhos, os tons de dourado igualmente garantem sofisticação e estiveram muito presentes no evento alemão. Formas orgânicas, suaves e superfícies aconchegantes também estão entre os principais temas desta temporada.

Como a vida urbana é cada vez mais cara, o tamanho, modularidade ou multifunção dos móveis é outro tema que ganha força entre marcas e designers, e inúmeras soluções foram apresentadas. A IMM demonstra ainda que as classificações de estilo perdem força e a mistura de diferentes influências é cada vez mais comum nos projetos. A regra é criar conforto e agradar a si mesmo.

 

Cores neutras, terrosas e millennial pink ainda estão em alta, cores neutras, terrosas e millennial pink ainda estão em alta

Como a vida urbana é cada vez mais cara, o tamanho, modularidade ou multifunção dos móveis é outro tema que ganha força entre marcas e designers

A biofilia, que consiste em conectar espaços de convivência à natureza e criar ambientes de vida mais calmos e promotores de bem-estar, ganha relevância nas tendências do morar

 

A biofilia, que consiste em conectar espaços de convivência à natureza e criar ambientes de vida mais calmos e promotores de bem-estar, também ganha relevância. Isso ajuda a explicar por que texturas, madeiras e pedras seguem absolutos em diversas coleções e propostas para o revestimento de móveis e interiores.

Das Haus, uma das instalações de maior sucesso na IMM e que visa apresentar novas tendências do morar, levantou discussões ainda sobre as “fronteiras” entre interior e exterior. O fato é que essa linha é cada vez mais tênue, seja pela criação de espaços híbridos ou pela mudança no perfil do mobiliário criado. Alberto Sánchez e Eduardo Villalón, fundadores do estúdio espanhol MUT Design, apresentaram quatro salas redondas decoradas com móveis minimalistas, dispostos em torno de um espaço central e completamente abertos para o exterior.

 

Das Haus na IMM Cologne 2020 revela novas tendências do morar

 

A eclética Maison & Objet | França

Os entusiastas do design foram a Paris de 17 a 21 de janeiro para a Maison & Objet. O evento francês é um destino importante para descobrir tendências em móveis e acessórios para casa. Bianual, a mostra atrai mais de 3.000 expositores para apresentar suas novidades em oito amplos salões do Parque de Exposição de Paris.

Mas além de influências internacionais, a feira está olhando para “dentro”, pesquisando talentos emergentes de seu país natal, a França. O objetivo é valorizar a rica herança nos campos de artes decorativas e design. E duas tendências do morar parecem moldar o atual design francês: laços mais fortes com o artesanato, distanciando-se da imagem de produtos industriais produzidos em massa; em segundo lugar, a ideia de que produtos também precisam resolver problemas, com bom design, tecnologia e inovação em materiais.

 

A Maison & Objet é um destino importante para descobrir tendências do morar em móveis e acessórios para casa

O objetivo do evento francês é valorizar a rica herança nos campos de artes decorativas e design

 

Nesta edição, a organização da Maison & Objet também procurou entender como o comportamento dos consumidores das gerações “X” e “Y” afetam o morar e o desenvolvimento de produtos. O fato é que a sociedade está cada vez mais voltando sua cabeça para a sustentabilidade, com a regeneração de materiais. Segundo a consultoria nellyrodi, do ponto de vista do design e da fabricação, esses indivíduos de 20 a 30 anos apresentam espírito de comunidade e defendem pequenas produções regionais e o retorno a produtos artesanais.

Com isso, tons de verde e materiais naturais e táteis surgem ainda mais fortes para evocar a natureza, assim como formas curvas e suaves. Na verdade, formas curvas fazem com que os móveis pareçam ainda mais confortáveis ​​e convidativos. Além do aspecto artesanal já citado, a feira francesa também apresentou uma paleta de cores quentes e de tons primários – vermelho, amarelo e azul. Essa perspectiva permite ousar na decoração e criar um luxo despojado.

 

Tons de verde e materiais naturais e táteis surgem ainda mais fortes para evocar a natureza, assim como formas curvas e suaves

Além do aspecto artesanal já citado, a feira francesa também apresentou uma paleta de cores quentes e de tons primários

 

Stockholm Furniture & Light Fair | Suécia

Passado e presente, pessoas e produtos, de olho nas raízes, mas também na inovação. Esses foram os ingredientes da 70º edição da Stockholm Furniture & Light Fair, realizada de 4 a 8 de fevereiro, em Estocolmo (Suécia). Na linha de mobiliário, destaque para materiais sustentáveis (quase todos os expositores tinham algo a dizer sobre este tema), o desenho minimalista e a tradicional criatividade escandinava com o uso da madeira.

O mobiliário de exterior também surge cada vez mais funcional e confortável, indicando que será cada vez mais fácil criar ambientes externos agradáveis. A linha de luminárias, que ganha terreno com formas mais esculturais, muito além da iluminação tradicional e funcional, ganha força na decoração.

 

Na linha de mobiliário, destaque para materiais sustentáveis, o desenho minimalista e a tradicional criatividade escandinava com o uso da madeira

Passado e presente, pessoas e produtos, de olho nas raízes, mas também na inovação. Esses foram os ingredientes da 70º edição da Stockholm Furniture & Light Fair

 

Muitas das peças expostas na feira apresentam características brutas e estruturadas, mas ao mesmo tempo minimalistas e sofisticadas. Em muitas outras, é o aspecto artesanal que se sobressai. Na linha de escritórios, conforto, facilidade, suavidade e formas mais orgânicas ajudam a compensar a superexposição a estímulos digitais e a criar espaços dinâmicos; inclusive para reuniões rápidas e criativas.

Conte para nós, quais dessas tendências do morar te agradam mais?

 

Muitas das peças expostas na feira apresentam características brutas e estruturadas, mas ao mesmo tempo minimalistas e sofisticadas

Na linha de escritórios, conforto, facilidade, suavidade e formas mais orgânicas ajudam a compensar a superexposição a estímulos digitais e a criar espaços dinâmicos

Deixe uma resposta